Press News & Events

Cerca de um terço dos portugueses está insatisfeito com o custo do ensino público

Quarta, Dezembro 5, 2018 - 11:08
Publicação
Público

Quanto ao sistema educativo, 41,9% indicam que tem boa a muito boa qualidade. Conclusões são do estudo sobre Confiança no Sistema Educativo e Hábitos de Poupança em Portugal, elaborado pelo Observatório da Sociedade Portuguesa da Universidade Católica.

Um em cada três portugueses ainda não está satisfeito com os custos associados ao ensino público em Portugal. A conclusão é do Estudo da Sociedade Portuguesa — Confiança no Sistema Educativo e Hábitos de Poupança em Portugal, elaborado pelo Observatório da Sociedade Portuguesa da Católica Lisbon School of Business and Economics, publicado nesta terça-feira.

Quanto ao grau de satisfação com o sistema educativo, só 37% dos inquiridos através do Painel de Estudos Online — uma base de dados utilizada por investigadores que permite a recolha de dados de um painel heterogéneo e diversificado — dizem estar satisfeitos ou extremamente satisfeitos.

PUB

No que diz respeito à escola pública, “os participantes reportam um nível moderado-baixo de confiança”, lê-se no relatório sobre as questões feitas em Julho deste ano. Mas mesmo assim, houve um crescimento de 7,8% no nível de confiança em relação aos estabelecimentos públicos de ensino, em comparação com o que tinha sido reportado no ano anterior.

Quanto ao sistema educativo, 23,2% indicam que tem má ou muito má qualidade. Entre os restantes, 41,9% referem que tem boa a muito boa qualidade e 34,9% acham que tem qualidade razoável.

Na hora de avaliar a qualidade das escolas públicas, privadas ou católicas (ou relacionadas com a igreja), mais de metade (52,5%) diz que o privado é bom ou excelente. Já 47,7% afirma o mesmo do ensino público e só 40,7% classificou as escolas católicas nessa categoria.

Caso todas as ofertas de ensino em Portugal tivessem um custo semelhante escolheria o público, o privado laico ou uma escola católica? 48,4% dos inquiridos optariam pelo privado.

A amostra utilizada é constituída por 961 participantes, 647 mulheres e 314 homens, de idades compreendidas entre os 17 e os 72 anos. Em relação ao distrito de residência, 39,5% dos respondentes reside em Lisboa, 12,1% no Porto, 6,7% em Setúbal, 5,1% em Aveiro, 5,1% em Coimbra. Os restantes 31,5% estão distribuídos pelos outros distritos. Quanto ao nível de escolaridade, 71,4% tem um curso superior, 27,4% indica ter o ensino secundário completo e 1,2% refere só ter o ensino básico.

Related Press News

08/12/2018 - 16:27
Diário de Notícias
Imaginemos que António Costa se preocupava realmente com os verdadeiros problemas do país. A sua governação seria muito diferente do que é. Nesse caso ele teria de considerar as grandes questões nacionais, e essas andam muito arredadas da sua retórica. A...
03/12/2018 - 11:16
Diário de Notícias
A escola portuguesa destaca-se no ranking do Financial Times há mais de dez anos. Nova SBE quadruplicou na procura. Apesar de ter caído duas posições face ao ano anterior, a Católica Lisbon School of Business...

Últimas notícias

Próximos eventos

05
Fev
18:30

Católica Lisbon School of Business & Economics

Palma de Cima
LisboaLisboa1649-023
Portugal