Passar para o conteúdo principal

Cátedra em Empreendedorismo Social

A Cátedra em Empreendedorismo Social, criada no final de 2015 com a contratação para a CATÓLICA-LISBON do Professor Filipe Santos, reconhecido líder académico internacional nesta área, é uma aposta estratégica que pretende afirmar a CATÓLICA-LISBON como uma das escolas de negócios líderes na Europa nas áreas da inovação e empreendedorismo social.

O empreendedorismo social - processo de desenvolvimento de soluções sustentáveis para problemas negligenciados da sociedade - é uma das áreas em maior crescimento a nível mundial, recebendo particular interesse das novas gerações que procuram cada vez mais aliar os negócios ao impacto positivo na sociedade.

De acordo com Filipe Santos, "é hoje amplamente reconhecido que a promoção da inovação social é essencial para a prosperidade da nossa sociedade e a promoção de um crescimento económico mais sustentável e inclusivo. Promover a inovação social é empoderar os cidadãos para, de forma descentralizada, construirem soluções novas e eficazes para os problemas da sociedade, envolvendo nesse processo as entidades da economia social, as empresas e os Estado, em processos de cooperação inter-setorial. Esta cátedra irá desenvolver as bases de conhecimento e as ferramentas pedagógicas que ajudem a desenvolver um verdadeiro ecosistema de apoio à inovação social, afirmando Portugal como uma base atrativa para empreendedores sociais e um país líder na inovação social."

A investigação no âmbito da Cátedra foca-se nos desafios de crescimento dos projetos de impacto e na inovação em modelos de financiamento, criando bases científicas e práticas para um modelo de capitalismo que promova o impacto e a inclusão social. É também aprofundado o tema das parcerias intersetoriais, em particular como as empresas podem aprofundar a sua área de inovação social e como as Fundações desenvolvem atividades de investimento social e filantropia de impacto.

Filipe Santos está entre os estudiosos mais citados do mundo em empreendedorismo social e inovação social. Os seus módulos de Impact Bootcamps e Scaling Impact foram usados por mais de 4000 estudantes em todo o mundo, e o  seu livro de 2013, "O Guia do Empreendedor Social para Mudar o Mundo", foi o primeiro manual do género em português.

A sua reflexão sobre o investimento social levou, em 2015, ao desenvolvimento e adoção da política pública de "Inovação Social de Portugal", agora em análise para replicação pela Comissão Europeia.

Em 2017, a Cátedra de Filipe Santos desenvolveu novos programas para formar empreendedores sociais e investidores sociais com o Banco Europeu de Investimentos, a Associação Europeia de Filantropia de Empreendimento (EVPA) e a Fundação Girl Move. Uma sessão em Oslo conectou empreendedores sociais a mais de 100 investidores sociais. O presidente recebeu em 2017 uma reunião de fundações corporativas e chefes de sustentabilidade - Connect for Change - para discutir como obter impacto social.

ALTA DIGITAL