Passar para o conteúdo principal

Confiança económica

Os indicadores do estado atual das condições económicas em Portugal, de mudança do estado das condições económicas em Portugal e o índice de confiança económica foram aferidos nos estudos do Observatório da Sociedade Portuguesa, realizados entre março de 2017 e março de 2019. A análise dos seus resultados permite traçar a evolução destes indicadores entre março de 2017 e março de 2019 (Figura 7).

O indicador do estado atual das condições económicas (IEA) em Portugal continua a apresentar um valor negativo e mais baixo que o valor obtido em março de 2018 (-1.2 em março de 2018 e -10.6 em março de 2019). Apesar da variação deste valor entre março de 2018 e março de 2019, observa-se uma maior proporção de participantes a avaliar as condições económicas atuais de Portugal como fracas ou muito fracas que a avaliar como boas ou excelentes.

O indicador de mudança do estado das condições económicas (IME) em Portugal apresenta um valor negativo e muito mais baixo que o obtido em março de 2018 (+29.5 em março de 2018 e -9.8 em março de 2019). Este valor sugere que há uma ligeira maior proporção de participantes que percecionam que as condições económicas em Portugal vão piorar, em comparação com a proporção de participantes que acham que vão melhorar.

O índice de confiança económica (ICE) em Portugal, calculado com base nos dois indicadores anteriores, também diminuiu entre março de 2018 e março de 2019 (+14.2 em março de 2018 e -10.2 em março de 2019). Esta evolução indica que em março de 2019, os membros da sociedade Portuguesa que responderam ao estudo têm, em geral, uma visão mais negativa que positiva das condições económicas em Portugal, tanto quanto às condições económicas atuais de Portugal como em relação à mudança do estado das condições económicas em Portugal.

ALTA DIGITAL